Bem vindos!

Ola! Cadastre-se ou faça o seu login para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, dar reputação ao seus companheiros, ter seu próprio messenger privado, atualizar o seu status, gerenciar seu perfil e muito mais. Esta mensagem será removida depois de ter se-cadastrado/logado.

Register Entrar

Custo / Beneficio ná Troca do Flúido

Iniciador do tópico #42
diego4100 disse:
@[member="Ricardo_Marinho"] , tenho um amigo que é mecânico da Honda. Ele informou que em todas trocas de óleo de câmbio eles aplicam um procedimento denominado "flushing", que consiste em subir o carro no elevador e, com o pé no freio, acelerar fundo em todas as marchas. Ele disse que esse procedimento resolve muitos problemas de trancos, principalmente na linha Fit.

Você utiliza esse procedimento? É recomendável se fazer isso no câmbio JF 09A do A3?
cara esse cara ta maluco ..
o flush ele existe para troca do fluido .. isso troca 99% de do fluido da transmissão ... porem gasta o dobro de fluido usado na troca basica

agora ele esta fazendo teste distal cara com pe no freio acelerando . ele vai frita a transmissão do veiculo parado ..
verifique isso direito ..
pois o teste distal e feito por um profissional da area . e não pode durar mais que 5 segundos em D eee em R ..

se ele fizer em todas as marchas isso ele esta diminuindo a vida util da transmissão não pode
 
#44
Só pra colocar numa linguagem mais técnica... O "teste distal" que o Marinho fala na realidade e teste de estol (do inglês stall, que significa forçar algo a parar)...

Para quem num sabe o teste de estol é o mais simples que tem para fazer num carro com transmissão automática... Todo carro automático tem uma rpm de estol especificada pelo fabricante... Ao fazer o teste de estol (que vou descrever mais abaixo) vc estará verificando de maneira grosseira se há problema no motor (rpm de estol abaixo do especificado) ou problema no motor (rpm de estol acima do especificado)... Obvio q isso q to falando é um resumão, o assunto é mais profundo...

O teste de estou é feito de maneira simples... Em solo plano deve-se frear o carro no pé e manter o pedal pressionado o mais forte possivel, então coloca-se a alavanca em D ou R e pressiona-se totalmente o acelerador até ler uma rotação constante no tacômetro... Mas como o Marinho disse o ideal é q um profissional faça isso pq qlq falha pode fazer com que o carro saia em alta velocidade, sem contar que excesso de estol pode danificar gravemente os pacotes de embreagem da transmissão, além de acentuar a degradação do fluído da transmissão... Algumas pessoas fazem uso do estol em carros automáticos para arrancar em maior velocidade...
 
#45
Ricardo_Marinho disse:
esse fluido eu tenho valor de R$: 69,00
Fluido original para o Tiptronic de 5 velocidades Jatco 506e é este aqui:

http://www.ecstuning.com/Search/SiteSearch/Tiptronic_Fluid/ES11846/

G052990A2

É o código conforme indicação do fabricante. Qualquer outro fluído seria uma alternativa econômica, mas não o correto.
Como nem as concessionárias audi possuem em estoque ao custo de quase 200 reais o litro, então a melhor alternativa foi importar.

Agradeço

Abraço,
 
#47
victorarrabal disse:
Só pra colocar numa linguagem mais técnica... O "teste distal" que o Marinho fala na realidade e teste de estol (do inglês stall, que significa forçar algo a parar)...

Para quem num sabe o teste de estol é o mais simples que tem para fazer num carro com transmissão automática... Todo carro automático tem uma rpm de estol especificada pelo fabricante... Ao fazer o teste de estol (que vou descrever mais abaixo) vc estará verificando de maneira grosseira se há problema no motor (rpm de estol abaixo do especificado) ou problema no motor (rpm de estol acima do especificado)... Obvio q isso q to falando é um resumão, o assunto é mais profundo...

O teste de estou é feito de maneira simples... Em solo plano deve-se frear o carro no pé e manter o pedal pressionado o mais forte possivel, então coloca-se a alavanca em D ou R e pressiona-se totalmente o acelerador até ler uma rotação constante no tacômetro... Mas como o Marinho disse o ideal é q um profissional faça isso pq qlq falha pode fazer com que o carro saia em alta velocidade, sem contar que excesso de estol pode danificar gravemente os pacotes de embreagem da transmissão, além de acentuar a degradação do fluído da transmissão... Algumas pessoas fazem uso do estol em carros automáticos para arrancar em maior velocidade...
Interessante. Nunca fiz isso pois tenho medo de danificar a caixa. Realizar a saída "em rotação estol" para arrancar rápido danifica a caixa? Sempre que vou brincar com o outro carro faço primeira rolando, pois tenho medo de utilizar esse procedimento.
 
Iniciador do tópico #50
Fabiobozao disse:
ola, boa noite, acabei de comprar uma A3 1.8 125cv automática 01/02, alguém pode me indicar qual óleo devo usar para motor e transmissão? Obrigado!
Use o fluido especifico para transmissão ATF + 1 ...
Para motor Castrol magnatec processional 5w 40 ...

Precisando eu tenho só da um toque .. Abraço
 
#54
Liguei na Audi Center para ver custos de troca de fluído do câmbio pois o meu carro está com 50k km e me disseram que não precisa trocar o fluído. Sei que o DSG7 é a seco, mas sei também que trabalham com dois tipos de oléo na mecatrônica. Está certo esse comentário do técnico? Alguém já fez alguma manutenção nesse câmbio? Estou com medo de não fazer manutenção e isso dar problema depois.