Bem vindos!

Ola! Cadastre-se ou faça o seu login para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, dar reputação ao seus companheiros, ter seu próprio messenger privado, atualizar o seu status, gerenciar seu perfil e muito mais. Esta mensagem será removida depois de ter se-cadastrado/logado.

Register Entrar

Controle de estabilidade - dúvidas - a3 sport 2011

#21
Amigo, já conversei com um diretor de operação da audi sobre isso, conversa informal de amigos, e pelo que ouvi acredito que a resposta das css para essa pergunta do MP seria no sentido de que o custo operacional de um setor desses supera os R$ 500.000,00 mensais (parte da oficina, fora a loja), sendo que a maioria dos carros que vão lá estão na garantia (não trazem lucro direto para a css, em razão da garantia), aí nos casos que o carro não está na garantia precisam de uma margem grande para suportar isso.

Enfim... Mas eles não veem que é justamente aí que estão perdendo mercado.
 
#22
Na minha opinião, isso é conversa furada. Porque uma concessionária da GM ou Fiat tem estrutura - e custos - semelhantes a uma Audi ou BMW, apenas pecando um pouco no treinamento do corpo de funcionários. O salário de mecânico, pelo menos em Florianópolis, é o mesmo, seja na Audi, ou na GM, inclusive, mecânicos fora das autorizadas ganham mais. Obviamente vendem muito menos, mas a margem de lucro delas é BEM maior que as "populares". Só ver quanto custa um A3 nos EUA, ou ver os descontos que a BMW oferece nas linhas antigas - baixaram quase R$ 200.000,00 na M3 anterior. Quem conhece concessionária sabe que elas são formadas por alunos recém formados do SENAI, sendo apenas o chefe de oficina possuidor de bom conhecimento sobre os veículos da marca. Por exemplos, quem já teve um carro GM sabe que é perfeitamente possível realizar as manutenções preventivas e corretivas na autorizada, sendo um pouco mais cara, mas nada de absurdo. Os preços são muito bons; cansei de comprar peças para o Omega na concessionária, com preços até melhores que o mercado paralelo. Não vejo justificativa alguma, por exemplo, para um farol do A3 modelo nacional custar R$ 7.000,00 na autorizada, enquanto se encontra, da mesma marca (Hella), a R$ 900,00 no mercado paralelo. Sem falar nos auto falantes das portas dianteiras, que me passaram o valor de R$ 1.900,00 cada; não passam de um Blaupunkt fajuto. Isso é puramente "lucro Brasil", onde as pessoas dormem inertes e os órgãos de defesa do consumidor são precários. Não estamos falando de Rolls-Royce ou Ferrari, mas sim de carros populares em seus mercados originários, onde a manutenção é algo plausível, não essa aberração encontrada neste país. Sem falar nas situações esdrúxulas, como a noticiada pelo ADG, onde um bico injetor de Volvo, fabricado no Brasil, custa mais barato nos EUA do que aqui; simplesmente não há justificativa.
 
#23
O MP não investiga porque rola uma grana pra marca, brasil é uma máfia danada infelizmente rsrs, carro popular de 30 mil reais? hoje em dia não existe mais isso rsrs, esses carros 0kms deveriam custar no máximo 15 mil e olhe lá , compram tudo de atacado, um professor de faculdade que trabalhava na volks disse que cada pneu custava por volta de menos de 3 reais, vai acrescentando ai as peças de plástico etc, o carro sai barato demais e vendem a preço de ouro
 
#24
guiguigui disse:
Amigo, já conversei com um diretor de operação da audi sobre isso, conversa informal de amigos, e pelo que ouvi acredito que a resposta das css para essa pergunta do MP seria no sentido de que o custo operacional de um setor desses supera os R$ 500.000,00 mensais (parte da oficina, fora a loja), sendo que a maioria dos carros que vão lá estão na garantia (não trazem lucro direto para a css, em razão da garantia), aí nos casos que o carro não está na garantia precisam de uma margem grande para suportar isso.

Enfim... Mas eles não veem que é justamente aí que estão perdendo mercado.
Que desculpinha esfarrapada essa hein heeheh. A verdade é que esse pessoal atua num cenário de falta de controle e fiscalização estatal. Quando houver uma ação firme no sentido de cobrar explicações sobre esses abusos, não vão ter como explicar nem pra onde correr. Parte da culpa também é nossa, que valorizamos mais os carros semi-novos quando "carimbados" no manual pela CSS. Eu mesmo passei desde a última revisão a fazer numa oficina de confiança e estou muito satisfeito. Sabemos muito bem que esses carros não tem segredo nenhum, e muitos deles são populares lá fora, conforme já citado pelo colega.