Bem vindos!

Ola! Cadastre-se ou faça o seu login para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, dar reputação ao seus companheiros, ter seu próprio messenger privado, atualizar o seu status, gerenciar seu perfil e muito mais. Esta mensagem será removida depois de ter se-cadastrado/logado.

Register Entrar

LUZ DO ÓLEO - ACENDENDO - PASSAT 1.8T - 150CV

Iniciador do tópico #1
Boa tarde Pessoal!

Preciso de uma ajuda com o meu PASSAT B5.5 - 2001 - 1.8t 20v - 150cv - Manual - motor AWT.

Segue historico para entenderem:

PROBLEMAS:

- Luz do óleo ascendendo quando motor quente;

- Barulho de algum vazamento de ar, parecendo escapamento furado próximo ao coletor de scap;

ERRO - VCDS

- 16825 - EVAP Emission Control Sys - P0441 - 35-10 - Incorrect Flow - Intermittent

Estou com esses problemas que coloquei acima, aconteceu depois que eu mesmo troquei as peças:

- Troca do tensor da corrente do comando (estava fazendo um barulho de tek tek anormal, depois que fiz o flush no ano passado)
- Troca da junta da tampa de valvulas
- Troca da junta metalica do tensor
- Mangueira respiro tampa de valvulas,
- Remoção do coletor de admissão, flauta, bicos para limpeza.
- Limpeza do sensor de posição do comando de admissão, pois estava cheio de óleo;

Após a troca andei por 10min e já acendeu a luz do oleo (luz vermelha com 3 beeps forte).

Achei que era o conector do interruptor de óleo, pois estava meio aparente o cobre. Então foi trocado e não resolveu.Foi trocado também o interruptor de óleo e tb não resolveu.

Instalei o manômetro de óleo e acusava pressão de 2,5bar frio e depois 0,5bar ou menos quente, nunca aumentando a pressão sempre baixando.

Levei no mecânico e foi tirado o carter e foi visto que o pescador estava entupido (clássico) e com isso achei que estava resolvido, mas nada. Ainda continuava acendendo mesmo com pressão de 3,5bar frio e 0,7 / 0,8bar quente na lenta.

Foi feito novamente um flush com remoção do resfriador de oleo e varetamento da mangueira de oleo, mas tb não resolveu.

Com o mecânico não conseguiu achar o problema e eu achando que era um problema do tensor novo (sem marca definida), pois foi muita coincidência resolvi colocar de volta a original, pois ele não aparentava estar ruim (as sapatas estavam ótimas e não tinha borra dentro dele), mas não resolveu. Obs.: Na troca conferi o ponto PMS e a distancia de 16 elos da corrente entre os comandos.

O erro do VCDS começou a acontecer depois que fiz a manutenção.

O luz do óleo só aparece quando esta bem quente o motor e acende principalmente nas redução de velocidade 80km para 40km e na lenta as vezes e normalmente apaga depois que elevo a rotação, mas demora um pouquinho para sumir.
Obs.: Quando acende a luz no manometro está marcando algumas vez a mais de 1bar, ou seja, como o interruptor de oleo está lendo diferente?

Estou usando oleo 5w40 sintetico - mobil super e filtro da WEGA.

Alguém teve algum problema parecido, não sei o que mais fazer.

Grato pela ajuda desde já.
 
#3
Ninguem que possa ajudar?
Olá mfavero, estou com o mesmo problema no meu A3. Quando quente avisa pressão de óleo baixa, sinal vermelho e 3 bips sonoros. Medi a pressão de óleo , como o motor bem quente, deu 1 bar de pressão na lenta e 2 bar a 2.000 RPM. Segundo a informação técnica que veio no manômetro, a pressão em 2.000 RPM deve estar em 3,5 a 4,5 bar. Estarei verificando a questão de borra no pescador de óleo, mas assitindo ao canal Fina Força no youtube, vi que o resfriador de óleo tem uma mola que regula a pressão de combustível também. Além disso tem a questão dos desgastes nos mancais também que pode estar interferindo na pressão do óleo. Se alguem tiver mais alguma dica favor comunicar também. Grato!!
 
Iniciador do tópico #6
Olá mfavero, estou com o mesmo problema no meu A3. Quando quente avisa pressão de óleo baixa, sinal vermelho e 3 bips sonoros. Medi a pressão de óleo , como o motor bem quente, deu 1 bar de pressão na lenta e 2 bar a 2.000 RPM. Segundo a informação técnica que veio no manômetro, a pressão em 2.000 RPM deve estar em 3,5 a 4,5 bar. Estarei verificando a questão de borra no pescador de óleo, mas assitindo ao canal Fina Força no youtube, vi que o resfriador de óleo tem uma mola que regula a pressão de combustível também. Além disso tem a questão dos desgastes nos mancais também que pode estar interferindo na pressão do óleo. Se alguem tiver mais alguma dica favor comunicar também. Grato!!
Então a situação resolveu na seguinte forma na epoca:

Foi preciso abrir o motor e foi visto que umas das bronzinas de biela estava descascada e foi preciso retificar o virabrequim que estava somente ovalizado.
Tambem aproveitei e troquei a valvula de retenção de oleo que vai no cavalete de oleo.
Após a retifica do motor peguei o carro e após 10km ascendeu denovo!! acredito quis morrer. Voltei no mecanico e ele trocou a cebolinha de oleo novamente por uma original, pois eu já tinha trocado por uma 3RHO, ou seja, o problema era esse desde o inicio, mas no final foi bom, pois meu motor tinha galeria entupida e retifica necessária.

O engraçado é que hoje a minha pressão não é igual a recomendada, que seria 2.000 RPM em 3,5 a 4,5 bar.
Minha pressão de oleo é assim, com motor quente:
1000rpm > 1 bar
2000rpm > 2bar
3000rpm > 2,5bar a 2,7bar por ai
 
Iniciador do tópico #7
Olá mfavero, estou com o mesmo problema no meu A3. Quando quente avisa pressão de óleo baixa, sinal vermelho e 3 bips sonoros. Medi a pressão de óleo , como o motor bem quente, deu 1 bar de pressão na lenta e 2 bar a 2.000 RPM. Segundo a informação técnica que veio no manômetro, a pressão em 2.000 RPM deve estar em 3,5 a 4,5 bar. Estarei verificando a questão de borra no pescador de óleo, mas assitindo ao canal Fina Força no youtube, vi que o resfriador de óleo tem uma mola que regula a pressão de combustível também. Além disso tem a questão dos desgastes nos mancais também que pode estar interferindo na pressão do óleo. Se alguem tiver mais alguma dica favor comunicar também. Grato!!
Outra coisa, recomendo verificar os seguintes itens, comece pelo mais simples e depois para os mais complexos:

- Verificar filtro de oleo se foi colocado o correto;
- Abrir o carter e limpar o pescador (grande probabilidade);
- Trocar interruptor de oleo. Ele pode dar fuga na carcaça. Obs.: Compre original na concessionária;
- Verificar/trocar a valvula de retenção no cavalete de oleo e tambem a mola que fica no cavalete;
- Verificar todo o respiro do carter e valvula PCV. (Pode interferir na pressão);
- Por fim, abrir o motor e verificar se as bronzinas ou virabrequim estão com folgas, pois se tiver fuga de oleo entre eles vai cair a pressão;

Obs:. Eu troquei a bomba de oleo, mas é bem dificil ela apresentar problemas, de qualquer forma quando for abrir o carter tire ela fora e veja de há desgaste na engrenagem, pode ter ,marcas de uso na carcaça.